• FEED

Nadia Cozzi

Alimentação na 3ª idade – Dicas para promover a qualidade de vida de nossos queridos velhinhos

19 set 2011 - Por em Saúde e Alimentação

Já falamos sobre a alimentação dos bebês, crianças e adolescentes e não poderíamos esquecer os vovôs e vovós que também necessitam de atenção e cuidados.

Envelhecer numa Sociedade como a nossa, em que a beleza estética e o vigor físico são super valorizados, é um processo sofrido. Convencionou-se que a 3ª idade começa aos 65 anos, mas existem fatores que podem influenciar no processo de envelhecimento, entre eles a alimentação.

Portanto a alimentação consciente é importante em qualquer idade, mas no caso do idoso é fundamental tomar medidas quanto ao tipo de alimento a ser oferecido e também desenvolver ações que garantam seu bem estar. Uma relação baseada em carinho reflete numa boa qualidade de Vida, perceber suas carências, seus medos, suas necessidades.

Ter companhia na hora das refeições contribui para que haja mais cuidado com o tipo de alimento consumido e que o idoso se alimente de maneira adequada tanto em qualidade, quanto em quantidade. Sentar-se à mesa confortavelmente, em companhia de outras pessoas, sejam elas da família, amigos ou cuidador, proporciona prazer, abre o apetite, massageia a auto-estima. Claro que com essa vida agitada que levamos nem sempre conseguimos manter esse vínculo em todas as refeições do dia. Mas podemos reservar alguns horários onde todos, ou a maioria da família esteja reunida, incluindo nosso idoso no convívio familiar. Ele se sentirá prestigiado, querido e útil.

Alimentação Saudável para pessoas idosas

Esse cardápio além de saudável deve ser atrativo. Precisa despertar a vontade de comer. Conseguimos isso variando a maneira de servir os alimentos, brincando com texturas, cores, sabores, evitando a monotonia alimentar.
A mesa deve estar posta de maneira bonita, mas simplificada, criando contrastes entre talheres, prato e toalha, facilitando a identificação dos utensílios. Dar autonomia ao idoso é importante, principalmente se houver limitação de visão ou na coordenação motora.

O sal geralmente passa a ter seu uso reduzido. Para não deixar a comida insípida, sem gosto, podemos abusar de outros temperos mais saudáveis como o cheiro verde, a cebola, o alho e as ervas aromáticas, criando novos sabores, despertando sensações.

São necessárias 5 refeições ao dia:café da manhã, almoço, jantar mais 2 lanches. Escolha alimentos saudáveis, dê preferência aos Orgânicos e não industrializados. Os alimentos devem ser cortados em pedaços menores e se houver dificuldade de mastigação, picar, ralar, amassar, desfiar ou bater no liquidificador. Para cozinhar, azeite extra virgem, no caso do óleo, prefira o de girassol, não sujeito às sementes transgênicas.

Frutas, legumes e verduras são ricos em vitaminas, minerais e fibras, portanto devem ser a base de todas as refeições e lanches, evitando com isso, entre outras coisas a prisão de ventre. Valorize o sabor natural dos alimentos e das bebidas evitando ou reduzindo o açúcar.

Prefira bolos, pães e biscoitos preparados em casa, que são ótimas opções para lanches. Caso não seja possível leia sempre os rótulos: escolha os tipos e as marcas com menores quantidades de aditivos químicos, gordura total, gordura saturada, gordura trans e sódio. Atenção: biscoitos de água ou cream crackers parecem inofensivos, mas são ricos em sódio e gordura vegetal.

O idoso precisa ser avisado sobre a necessidade de se hidratar. Tomar líquidos devagar, gole por gole, seja água, sucos ou vitaminas. Devemos lembrá-los que isso faz bem ao organismo facilitando o funcionamento dos intestinos e a hidratação do corpo como um todo. Facilitar o acesso ao filtro é um fator importante. No caso de sucos prefira os feitos na hora ou orgânicos.

Torne sua vida mais saudável, caminhar, dançar, brincar com as crianças, fazer alguns exercícios leves, tomar sol pela manhã, e muita, muita conversa. Peça que ele conte coisas, comente sobre o que acontece no Mundo, relembre, dê atividade ao seu cérebro. Tudo isso é Vida.

Um mingau é uma boa alternativa para o café da manhã ou lanche da tarde, pois alimenta e têm nutrientes. Mas nada sem graça, incremente com frutas secas como ameixas, passas, damascos, mel, geléia e não esqueça uma canelinha para aquecer o coração.

Mingau de Aveia:

Ingredientes:

  • 1 copo de leite fresco
  • 3 colheres de sopa de aveia
  • 1 colher de sopa de açúcar orgânico ou rapadura ralada

Modo de Preparar:
Leve ao fogo alto, mexa por cerca de cinco minutinhos ou até o mingau engrossar. Retire do fogo e sirva quente
A aveia é um bom complemento para as refeições. Banana amassada com aveia é bem gostoso. Bata aveia no liquidificador com sucos, vitaminas de frutas e sopas.

No feijão cozinhe junto beterraba, cenoura e chuchu. Os nutrientes ficam no caldo que, além disso, ganha uma linda cor. Na hora de servir retire os legumes e faça uma sopa com eles. Falando em legumes aproveite a água usada para cozinhá-los para fazer sopas ou cozinhar o arroz, nela ficam retidos muitos nutrientes como vitaminas e minerais.

Mingau de Milho

Ingredientes

  • 2 espigas de milho orgânicas e maduras
  • 2 colheres (sopa) de açúcar orgânico ou rapadura raladinha
  • 1 pitada de sal marinho
  • Cravo e canela a gosto
  • Leite fresco a gosto

Modo de Preparar:
Descasque os milhos, retire os grãos e bata no liquidificador com água. Passe na peneira. Coloque cravo, canela, açúcar e uma pitada de sal. Leve ao fogo. Quando engrossar, ponha leite até chegar à consistência preferida.

Arroz divertido

Faça o arroz normalmente. Pegue 1 cenoura, algumas vagens e ½ pimentão e corte tudo em pedacinhos bem pequenos. Refogue no azeite e misture ao arroz. Se preferir faça com arroz integral orgânico. Fica bonito, saudável e gostoso. Se quiser salpique queijo ralado na hora por cima. Falando em arroz, arroz doce também é bem legal de servir como lanche ou sobremesa.

Gelatina de Frutas

Ingredientes:

  • 1 e ½ envelope de gelatina em pó incolor e sem sabor
  • 1 litro do suco orgânico de sua preferência
  • Suco de ½ limão
  • 2 colheres (sopa) de uva passa preta

Modo de preparar:
Dissolva a gelatina conforme mandam as instruções da embalagem. Misture o suco de fruta, o suco de limão e a gelatina dissolvida. Acrescente as passas coloque em forminhas individuais. Leve à geladeira até se firmar.
Aproveitando o tema assistam ao filme ELSA E FRED – Um amor de paixão. Onde 2 personagens idosos constroem uma relação de causar inveja a qualquer paixão de adolescente.

Para Pensar:

A idade não nos protege contra o amor. Mas o amor, até certo ponto, protege-nos contra a idade.” Jeanne Moreau.

Fotos: Eldercare2008 / fdtb541

Sobre o Autor: Nadia Cozzi ( @nadiacozzi | G+ )

Nadia Cozzi

* Consultora de Alimentação Consciente e Desenvolvimento Pessoal. * Pesquisa desde 1994 a Agricultura livre de Agrotóxicos e o Ato de se alimentar e a Consciência de quanto ele interfere na Saúde Física, Emocional e Mental do Ser Humano e os efeitos da produção de alimentos para o Meio Ambiente. * Idealizadora do Instituto Pedro Cozzi - Espaço DAR VIDA – (institutopedrocozzi.blogspot.com.br) * Livros sobre uma nova consciência ecológica: (http://alimentopuro.synthasite.com/livros.php) * Blogs: Alimento Puro: alimentopuro.blogspot.com Bio Culinária: bioculinaria.blogspot.com

Site: http://alimentopuro.synthasite.com - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário

  • http://twitter.com/lovelygirl1608 Juliana

    Mto bem escrito! No meu mingau coloco banana e Nescau!! Adooro!
    Isso tudo q falaram é certo, mas é extremamente difícil convencer um idoso a mudar hábitos alimentares (comer alimentos integrais, frutas, legumes e verduras, reduzir o sal, evitar industrializados), e qdo moram sozinhos não fazem todas as refeições, principalmente pq não querem cozinhar refeições apenas pra eles. E com a idade tem a doença de Alzheimer q perdem a vontade de comer, e o primeiro sinal da doença é a diminuição do peso.
    De qqer forma é bom esclarecer a população sobre uma alimentação saudável.

  • Anônimo

    Oi Juliana, é verdade, se já é difícil para os mais jovens, os idosos são mais teimosinhos. Por isso muita paciência, muito carinho. Estar junto nas refeições, promover encontros em família, oferecer opções e nunca deixá-los só muito tempo. 

  • Pingback: Guia de alimentação Saudável no Trabalho – Prepare e leve a sua marmita! | Coletivo Verde - Produtos Ecológicos

Mais em Saúde e Alimentação (35 de 60 artigos)
quintal-organicos