• FEED

Guilherme Augusti Negri

Crowdfunding sustentável! Participe do primeiro projeto sustentável colaborativo do Brasil!

Você algum dia já juntou uma grana com seus amigos para realizar uma festa em conjunto? Pediu para seus familiares uma força para te ajudar na realização de algum projeto pessoal? Ou então já participou de alguma famosa vaquinha para comprar algum presente para uma pessoa especial?

Então você sabe o que é crowdfunding.

Nada mais é do que a tradicional vaquinha, só que amplificada pelo poder de alcance da internet e das mídias sociais. O termo (do inglês crowd=multidão e funding=financiamento) se popularizou com o surgimento do site americano Kickstarter, que pegou emprestado o velho conceito de financiamento coletivo para criar uma plataforma online que conecta realizadores a colaboradores, com foco na realização de projetos criativos. Sim! Uma vaquinha virtual dedicada a produção de ideias criativas!

Este ponto de encontro virtual, inaugurado em 2009, já ajudou a tirar do papel mais de 7 mil projetos, financiados pelas mãos de mais de 500 mil pessoas, em um total de mais de 40 milhões de dólares. Uma revolução na forma como se financia cultura.

O funcionamento do site é bem simples: o autor da ideia inscreve seu projeto no site e diz quanto quer captar e em quanto tempo. Ele então ganha uma página pessoal na plataforma, onde pode comunicar sua proposta e se relacionar diretamente com o público. As pessoas que se interessarem em apoiar o projeto fazem apoios (os micro-patrocínios) e, em troca, recebem recompensas (não monetárias) do realizador. Se o projeto anunciado for um filme, por exemplo, os apoiadores podem receber cópias em primeira mão, ingressos para a pré-estreia, uma tarde na gravação, um jantar com o diretor. O que vale é a criatividade do criador ao inventar as recompensas, que variam em função do valor apoiado e da natureza do projeto.

O método de financiamento usado no Kickstarter, e em grande parte das plataformas existentes, é o tudo-ou-nada, no qual os projetos precisam ser 100% financiados no prazo determinado para que o realizador receba o dinheiro. Caso contrário, os apoiadores recebem a quantia investida de volta.

Mas calma! Falei dos Estados Unidos, do Kickstarter, da revolução, do mundo. E você deve estar se perguntando: o que eu tenho a ver com isso? Tem tudo a ver O Brasil está construindo um cenário rico e promissor nessa cena crowd mundial. Nós já somos um dos países com maior número de plataformas em andamento, temos o primeiro código open-source de crowdfunding do mundo, somos colaborativos por natureza e, acima de tudo, temos muitas mentes criativas dispostas a tirar do papel ideias inovadoras e, porque não, sustentáveis!

Crowdfunding e os projetos Sustentáveis

Muito legal, mas o que o crowdfunding tem haver com a sustentabilidade? Mesmo com esse tema na “moda” e com grande foco da mídia é super difícil conseguir financiamentos para projetos sustentáveis pelo fato de ser um novo mercado, sem definições e totalmente inovador. As empresas, os consumidores e os designers ainda engatinham na área e existem muitas indefinições. Isto cria uma barreira para investidores convencionais que enxergam este novo mercado como muito arriscado ou simplesmente não o veem como lucrativo e é por isto que muitos projetos bacanas e inovadores não conseguem sair do papel.

Então imagine-se como um designer com um produto maravilhoso, que solucionará um problema, ajudará as pessoas e o meio ambiente, do que você mais precisa? De apoiadores, de financiamento. Se as portas convencionais se fecham é hora de trabalhar com algo novo, é hora de inovar.

O crowdfunding surge como esta ferramenta de inovação perfeita para projetos de cunho social e ambiental, pois ele dá o poder para milhares de pessoas opinarem, debaterem e investirem em um projeto. É a maneira mais democrática e divertida de se criar um produto. Você descentraliza o poder de uma empresa, um investidor ou um grupo para milhares de pessoas e assim projetos que nunca seriam financiados convencionalmente passam a existir e beneficiar milhares de pessoas.

E isto é o novo consumo consciente, não se trata mais apenas de escolher qual produto se compra, mas escolher se um produto deve existir ou não.

Apoie primeiro projeto sustentável do Brasil. Corra faltam poucos dias!

Um dos projetos que me chamou a atenção, e que está na reta final (no dia 21 de junho o prazo de captação termina!!!) é o porta-laptop planificável, do pessoal da Fibra Design, do Rio de Janeiro. A Fibra é um estúdio de inovação em design e sustentabilidade. Em seu ateliê, eles pesquisam e desenvolvem novos materiais e produtos de baixo impacto ambiental.

Há pouco mais de 50 dias eles lançaram um desafio na rede: inserir no mercado o primeiro produto brasileiro financiado de forma colaborativa, por meio de uma plataforma de crowdfunding. O produto escolhido foi um porta-laptop planificável, produzido com materiais mais sustentáveis.

Segundo a própria galera da Fibra, o produto é bem simples, e não pretende ser a reinvenção da roda. Pelo contrário, o objetivo deles é honesto – desenvolver um porta-laptop 100% nacional, com fornecedores locais, que possa receber artes gráficas, e que seja planificável – pois assim ele pode ser transportado dentro do case do computador, facilitando ainda mais o seu uso.

Eu diria que o que está por trás dessa ideia não é a forma e a função do produto em si. Mas a história por trás dele, e a possibilidade de que, com o seu sucesso, mais designers se envolvam com o crowdfunding e com a causa da sustentabilidade. E percebam que existem alternativas – mais afetivas e colaborativas – para realizar suas ideias e contribuir para a mudança que queremos ver no mundo. Na esfera do micro mesmo. Micro-ações, micro-política, micro-patrocínios…

Vamos provar que é possível fazer diferente? Acesse o projeto no Catarse clicando aqui!

Sobre o Autor: Guilherme Augusti Negri ( @coletivoverde | G+ )

Guilherme Augusti Negri

Empreendedor com veia social e ambiental e músico por hobby. Fundador do Coletivo Verde.

Site: http://www.coletivoverde.com.br - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário

  • Grazi Siqueira

    onde está o link?

  • Ola Grazi falha nossa eheh! Artigo atualizado e o link é: http://catarse.me/pt/projects/121-porta-laptop-planificavel

    Abraços e obrigado pelo toque =)))

  • É com imenso prazer que anuncio o lançamento do makeITopen (http://www.makeitopen.com.br). O makeITopen é o único site brasileiro para financiamento de projetos de software livre utilizando o conceito de Crowdfunding. Você pode estar se perguntando o que é crowdfunding e a reposta é simples: é o ato de promover projetos contando com o apoio de uma multidão (crowd) de pessoas que os apoiam financeiramente em troca de recompensas. O makeITopen tem a missão de ajudar qualquer pessoa que esteja envolvida em qualquer tipo de projeto ligado ao desenvolvimento de softwares livres a obter recursos e apoio financeiro para viabilizá-lo. Conto com a visita de todos e com o envio de sugestões e críticas. Grande abraço,Rodrigo Vertulo

  • Meu nome é Kelly Costa sou advogada e milito na área ambiental em Ipatinga, leste de Minas Gerais. Quero poder trazer a voces meus pré-projetos para que possam avaliá-los e me dizerem se são viáveis do ponto de vista econômico. Por favor vejam em http://kellycosta.blog.com/projetos/ e se puderem me mandem e-mail kccmaia@hotmail.com

  • Ola Kelly como esta?
    Parabéns pelos projetos! Nós apenas divulgamos as iniciativas não trabalhamos com avaliação de projetos.
    Você visitou o site do Catarse? Dê uma olhada em como funciona a dinâmica do microfinanciamento, tenho certeza de que um de seus projetos se encaixa com a proposta =)
    Abraços

  • Babi Machado

    Oi, vs conhecem a escola de ativismo para a sustentabilidade? Está com um projeto no catarse http://catarse.me/pt/projects/364-curso-de-ativismo-para-sustentabilidade
    Confiram!!!
    Abraços.

  • Debora

    Legal !

    Já divulguei !