• FEED

Guilherme Augusti Negri

Desenvolvendo a Embalagem Sustentável do Coletivo Verde

28 out 2010 - Por em Arte e Design

Sustentabilidade e inovação são duas palavras indissociáveis. Se uma iniciativa ou empresas quer ter mais eficiência ambiental e social ela precisa inovar.

Desde o ínicio do desenvolvimento das camisetas sustentáveis do Coletivo Verde analisamos toda a cadeia de produção e desenvolvemos ações para deixa-las mais sustentáveis e um dos pontos que sempre me fez pensar bastante foram as embalagens, afinal somos uma empresa que vende pela internet e as nossas as camisetas serão transportadas com a proteção de embalagens.

Pense bem, todo envio utiliza uma embalagem é só fazer as contas: quantas milhares de embalagens não são enviadas todos os dias no Brasil? Para aonde elas vão depois que os clientes recebem os produtos?

Iniciei os meus estudos analisando o o impacto das embalagens convencionais no meio ambiente e descobri que infelizmente o cenário não é bacana, a grande maioria das embalagens só são utilizadas uma única vez e boa parte delas não são recicladas indo diretamente para o lixo.

São dois tipos mais comuns: As de plástico que são usadas para pequenas encomendas e para produtos que resistem a leve choques como roupas, documentos e livros. O grande problema deste material é que que depois de descartado ele não tem valor para a indústria e quase nenhuma embalagem de plástico é reciclada ou seja elas vão direto para os aterros, rios e lixões abertos aonde demorarão séculos para se degradar.

As de papelão que são muito utilizadas apesar de ter um bom valor para a indústria muitas vezes não são recicladas, impedimentos como as fitas dos Correios ou o manuseio que estraga o material muitas vezes impossibilitam a reciclagem, um outro grande vião são as tintas que são aplicadas nas embalagem,  a grande maioria destas tintas utiliza solventes a base de metais em sua formulação que além de complicar a reciclagem poluem rios e o solo.

Tendo em vista o cenário não muito favorável comecei a pesquisa e levantei uma extensa lista de pré-requisitos que abrangeu todos os pontos cruciais para uma embalagem ser sustentável e com esta referênciai iniciei minha pesquisa.

Visitando um site americano que comercializava uma embalagem de papelão reaproveitável vi uma imagem que ilustrava a sustentabilidade da embalagem, não era uma característica do produto mas sim uma maneira de demonstrar as propriedades ecológicas do produto, era um gif animado de uma planta nascendo de dentro da embalagem, fiquei olhando e pensei: Por que não fazer uma embalagem destas de verdade? Uma embalagem que transporte a camiseta e se transforme em um vaso!

Pesquisei na internet e não achei ninguém que havia feito nada parecido e comecei a pensar em como desenvolver a idéia.  Pedi ajuda a várias pessoas entre elas o atencioso Duda Itajahy do blog Impressões Verdes que me ajudou com diversos pontos e ajudou a desenvolver a idéia, foi neste momento que percebi que a empreitada necessitava de profissionais do design que entendessem o conceito e pudessem desenvolve-lo para o Coletivo Verde.

Video da embalagem (Se você não estiver lendo via e-mail ou RSS clique aqui para ver o video: http://www.coletivoverde.com.br/embalagem-sustentavel )

Contratamos então a Design Simples, um escrtório de design de São Paulo que desenvolveu projetos de design fantásticos com cunho social e sustentável como os móveis feitos com pallets. Era a empresa perfeita para a tarefa e começamos o desenvolvimento.

O desenvolvimento fluiu com muito trabalho duro, para vocês terem uma idéia o primeiro documento gerado pela Design Simples foi um PDF de 116 páginas recheado de informações sobre embalagens e sustentabilidade e foi assim durante todo o tempo, muita pesquisa, reuniões, testes de materiais até chegarmos no conceito que foi batizado de “Armadura de Bambu” e que se transformou no “Bambu-Flor.”

O projeto basicamente é uma embalagem feita de bambu que se transforma em uma floreira, fica difícil explicar por palavras, o mais bacana é assistir o video postado acima pra ter idéia da abrangência do projeto.

O protótipo foi desenvolvido e ficou lindo, mas agora era preciso agora fazer os testes na prática. Fizemos diversos teste de resistência e envios percebemos algumas falhas que foram sendo corrigidas.Uma das mais complicadas era a falta de padrão na colocação de fitas para lacrar dos Correios.

A embalagem tem instruções claras de como colocar as fitas para não comprometer a embalagem, mas não adiantava, quando era feito um envio para um lugar longe os Correios colocavam metros de fita e comprometia toda a embalagem, principalmente o cordão do saquinho tornando a experiência de abrir a embalagem horrível.

Outro ponto era que o papelão usado para travar a embalagem não estava aguentando os impacto em fretes de longa distância, trabalhamos muito para reforçar este ponto e trocar o material. Foram mais 2 meses de testes intensos e tentativas.

Infelizmente no final do processo foi esgotada as possibilidades e por não conseguirmos atingir 3 dos requisitos básicos de proteção da camiseta resolvemos parar o projeto. Foi bastante frustrante no momento, mas foi necessário, tanto o Coletivo Verde como Design Simples não aceitariam uma embalagem “mais ou menos” e lançaria no mercado uma embalagem que não cumprisse seu papel primário e primasse pela sustentabilidade.

Foi bem difícil tomar esta decisão, mas depois de um mês de tomada percebemos que foi a melhor decisão, inovar é estudar, pesquisar, falhar e acertar. Se estamos propondo inovação precisamos apresentar projetos valiosos e únicos. E nós não vamos parar por aqui, foi um aprendizado ótimos e estamos agora mais fortes e mais próximos de uma embalagem única e sustentável, aguardem pelos próximos capítulos desta novela =D.

Fico bastante agradecido com o trabalho desenvolvido pelo Design Simples representados pela equipe: Clara Goyeneche,Fábio Takao, Lucas Colebrusco e em especial ao Rafael Gatti que foi bastante cortez e profissional. Espero que possamos trabalhar o quanto antes em um novo projeto.

No momento estamos aprimorando o documento de pré-requisitos e selecionando novas proposta e idéias de embalagem. Se você for um leitor do blog, designer ou representar um escritório de design e tiver alguma idéia estamos abertos é só enviar um e-mail para guilherme@coletivoverde.com.br e vamos bater um papo!

Vamos que vamos.

Sobre o Autor: Guilherme Augusti Negri ( @coletivoverde | G+ )

Guilherme Augusti Negri

Empreendedor com veia social e ambiental e músico por hobby. Fundador do Coletivo Verde.

Site: http://www.coletivoverde.com.br - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário