• FEED

Transformando jornais velhos e listas telefônicas em bancos

25 fev 2011 - Por em Arte e Design

O criativo francês e designer de produto Oscar Lhermitte conseguiu transformar pilhas de jornais velhos e listas telefônicas que recebemos em casa em objetos úteis ao nosso dia-a-dia.

O desafio era a reciclagem de um produto usando como matéria-prima apenas o papel para projetar um mobiliário sem utilizar nenhum parafuso, cola ou solda.


Oscar projetou bancos usando como base apenas três barras de metal paralelas e papel de jornal dobrado e empilhado. Embora pareça frágil, os bancos podem aguentar várias pessoas.

O incrível é que com todo o projeto e com a reutilização dos jornais, o designer gastou apenas 5 libras e um tanto de tempo para juntar os 423 jornais. Com os bancos de papeis reaproveitados e criatividade, Oscar ganhou o segundo prêmio do concurso do Metro Re-Criar.

Com o mesmo objetivo de reutilizar os mateiais gratuitos que chegam em casa, Oscar transformou as listas telefônicas em objetos super bacanas que podem ser utilizados de diversas maneiras, ou como suporte para outros materiais.

Os rolos feitos com as páginas amarelas presas, podem servir como porta-cartões ou lembretes e até como criativos porta-retratos. O mais legal, é que o projeto que Oscar desenvolveu usando as listas telefônicas, é super simples e fácil de fazer. Qualquer um que queira dar um final mais criativo as famosas listas que servem apenas de suporte para o monitor do computador vir encima, pode montar facilmente em casa.

Mais: Oscar Lhermitte

Sobre o Autor: Laercio Bizzarri ( @bizzarrilaercio | G+ )

Diretor de arte da agência M51 Criatividade Estratégica. Apaixonado pelo design que inspira, transmite e transforma.

Site: http://laerciobizzarri.com.br - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário

  • Pingback: Banco de jornais. Não, eu não disse banca, disse banco | eco4planet()

  • Patriciaangra

    PARABENS … FICOU EXCELENTE. Ja havia feito algo parecido com jornais e revistas, mas a sua obra ficou infinitamente melhor. Que Deus  conserve sua criativiade. Abraços Patricia Magno da Arte Renovada

  • Sandra Reis

    Como faz esse banco sem cola….???????

  • Loira

    Também não entendi??