• FEED

Vanessa Mendes Argenta

Lâmpadas – Comparativo mostra as lâmpadas mais eficientes

12 ago 2011 - Por em Casa Verde, Energia

Este é mais um post da série de equipamentos economizadores, já falamos sobre economia de água utilizando vazos sanitários, torneiras e chuveiros mais eficientes e como aproveitar a energia solar em sua casa.

Hoje vamos tratar das lâmpadas! Existem basicamente 3 tipos de lâmpadas para uso residencial: as incandescentes, as fluorescentes e as tubulares em LED.

Lâmpadas comuns – incandescentes

Lâmpada Incandescentes
As lâmpadas comuns, chamadas de incandescentes, são baratas, fáceis de serem recicladas e não apresentam materiais tóxicos em sua produção, no entanto gastam muita energia e tem baixa eficiência: apenas 10% da energia elétrica gasta para acendê-las é transformada em luz, o resto vira calor, dissipado no ambiente.

Lâmpadas Fluorescentes

Lâmpadas Fluorescentes
Já as lâmpadas fluorescentes, principalmente as compactas, tem ganhado cada vez mais espaço nas casas brasileiras, sendo um pouco mais caro para adquirí-las, mas muito mais barato para mantê-las.

Duram oito vezes mais que as incandescentes, são mais eficientes, mas tem em seu interior vapor de mercúrio, nocivo à saúde se não for descartado corretamente.

Lâmpadas Led

Lâmpadas Led
As lâmpadas em Led são mais recentes no Brasil (começaram a aparecer aqui em 2009), são muito econômicas, não utilizam materiais nocivos em sua composição, duram muito mais, não transmitem calor e tem altíssima eficiência. Seu único ponto fraco ainda é o preço: cada lâmpada tubular de Led custa cerca de R$120,00!

Qual usar no Brasil?

Atualmente, no Brasil, ainda é mais vantajoso usar as fluorescentes compactas, desde que descartadas como lixo tóxico. Confira nesse gráfico do Planeta Sustentável os gastos com lâmpadas em 5 anos numa residência:

Clique aqui ou na imagem para ver a foto em tamanho maior. Fonte: Planeta Sustentável

Alternativa Criativa: Lâmpadas de garrafa pet

Mas se você tiver uma edícula, um galpão, uma garagem, qualquer área externa com telhado simples, sem forro, minha sugestão é: substitua metade das lâmpadas por garrafas pet!

Isto mesmo: Alfredo Moser, um mecânico lá de Uberaba/MG, pegou garrafas pet transparentes, encheu de água e, com furos no telhado, iluminou sua oficina. Solução genial e fácil de copiar, veja o video acima e leia este tutorial.

E você, conhece outra solução alternativa para economizar energia elétrica? Compartilhe conosco!

Mais:
Utilizando vazos sanitários, torneiras e chuveiros mais eficientes.
Como aproveitar a energia solar em sua casa!.

VER mais artigos sobre ECONOMIA DE ENERGIA

Sobre o Autor: Vanessa Mendes Argenta ( @vanmagenta | G+ )

Vanessa Mendes Argenta

Arquiteta e Urbanista

Site: http://www.flickr.com/photos/vanmagenta - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário

  • Anônimo

    Muito úteis estas dicas de economia! Parabéns pela postagem, como sempre é um excelente artigo. A Internet no Brasil realmente precisa de postagens de qualidade como estas que você está nos oferecendo. Gostaria de lembrar também um ótimo agregador de conteúdos que vem se destacando muito, que é o Super Links:
    http://www.superlinks.blog.br

    Nele todos podem divulgar seus links gratuitamente sem a necessidade de cadastro e receber centenas de visitas diarias.

  • Pingback: Dicas sobre lâmpadas - Revista Metro Quadrado()

  • Pingback: 15 Dicas práticas de como economizar energia elétrica em sua casa | Coletivo Verde - Produtos Ecológicos()

  • Pingback: 15 Dicas práticas de como economizar energia elétrica em sua casa – Romazi()

  • Bruna ramos

    amei seu blog, muito informativo, parabéns.

  • Pingback: Os tipos de lâmpadas - Como economizar energia em casa()

  • Mmv

    A idéia das lâmpadas de garrafas pet é muito boa, mas pq enche-lãs de água? Ameniza o gasto de energia, mas e a dengue? o.O

  • piu

    a água serve para dissipar os raios solares para o interior do galpão. Quanto à dengue, é só instalar a garrafa tampada.

  • Pingback: 15 Dicas práticas de como economizar energia elétrica em sua casa | Blog Inveg()

  • Pingback: 15 DICAS PRÁTICAS PARA ECONOMIZAR ENERGIA ELÉTRICA | A Terra do Futuro()

  • Pingback: Chavantes Notícia()

  • Matheus Ailton

    Muito obrigado pelo Post!

  • Alexandre Salau

    Não esqueça de dizer que as garrafas precisam de algumas gotas de cloro na água e precisam ser tampadas, o cloro evita a criação de musgo no interior da garrafa.

    E acho que tem um erro ali no infográfico, a lâmpada de LED está consumindo 18W … mais que a fluorescente.

  • lucinha

    ´tampa a garrafa né imbecil…

  • Ka

    Em apartamento infelizmente isso não funciona né? Ainda prefiro as incendescentes… As fluorescentes, mancham a pele além de não iluminarem bem (na minha opinião) e as de LED??? Afff menos ainda….

  • Marcos

    kkk kampadas LED duram 5 anos??.. Piada. os Leds até duram mais q isso mas o circuito que acionam eles pifam muito antes.kkkk

  • Paulo Cesar Martins Costa

    As lampadas LED não emitem raios UV e IV. Razão pela qual elas não agridem a pele e não alteram a cor de alguns objetos com o passar do tempo. Ja reparou que o plástico branco do microondas ou geladeira fica amarelado com o passar do tempo em ambientes com lâmpadas compactas?.

  • Paulo Cesar Martins Costa

    meodeos !!!

  • anderson

    não esta escrito que duram 5 anos, olha o numero de lampadas trocadas em 5 anos, zero.

  • anderson

    é a potencia media isso! nao o gasto

  • Resistente

    Por que tem respostas que simplesmente NÃO CONSEGUEM ser educadas?

  • jean lopes

    Uma solução eficaz seria utilizar clarabóias ou telhas translúcidas que permitam a entrada de luz no ambiente. Isso ajuda a reduzir possíveis problemas com goteiras decorrentes aos furos nas telhas de fibrocimento.

  • Vandir Sousa Ribeiro

    Até que um dia eu vi um comparativo correto sobre essas lampadas, comprei uma lampada de led 9 watts um lixo de luz, a lampada fluorescente é muito melhor, tem vendedor dizendo que uma lampada de 14 watts de led equivale à uma de 45 watts fluorescente!, baseado na minha compra essa lampada de led pode consumir menos, mas precisa de no mínimo a mesma potência para iluminar adequadamente!, caso contrário fica escuro e é dinheiro jogado fora!