• FEED

Clovis Akira

Pepsi Lança Maquina de reciclar PET

01 nov 2013 - Por em Diversos

maquina veran

Após ser lançado inicialmente nos Estados Unidos e Japão, a Pepsi traz para o Brasil, uma máquina recicladora de garrafas PET. Nesses dois países a máquina recebe tanto embalagens PET como latinhas de alumínio, enquanto que aqui no Brasil o equipamento recicla apenas garrafas PET.

Em parceria com algumas redes de supermercados de São Paulo, as máquinas estão sendo instaladas bem na entrada dos estabelecimentos, chamando muita atenção, pois além da reciclagem oferece também a oportunidade de ganhar descontos na compra de refrigerantes da marca.

A máquina é semelhante às de venda automática de refrigerantes que geralmente são instaladas nos postos de combustível. Elas são equipadas com receptáculos computadorizados e incluem um sistema que emite cupons de desconto. Assim que as garrafas são depositadas, o sistema emite os cupons.

As garrafas são prensadas formando um fardo que em seguida é retirada por uma entidade que é a CRUMA (Cooperativa de Reciclagem Unidos pelo Meio Ambiente), sediada na cidade de Poá, n o estado de São Paulo.

A CRUMA foi fundada em 1997, com objetivo de gerar empregos, renda e ao mesmo promover a preservação do meio ambiente. Hoje a CRUMA é formada por 46 agentes de reciclagem que recolhem material reciclável em indústrias e comércios, e também fazendo coleta seletiva na cidade de Poá. É sediada no bairro de Calmon Viana, onde possui um centro de triagem. Desde a criação, a cooperativa sempre recebeu subvenções da Prefeitura de Poá para atuar na coleta seletiva da cidade. A atual sede foi construída em um terreno de 2185 m² doado pela Prefeitura em 2006, com verba proveniente do Ministério do Meio Ambiente e coordenação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

No Japão existe uma máquina que coleta latas de alumínio. Elas são instaladas em parques ou estações de trem pelas empresas recicladoras e oferecem dinheiro em troca das latinhas.

O usuário tem que depositar de uma vez no mínimo um quilo de latinhas para que a máquina libere as moedas. O valor é simbólico, o que vale mesmo é a atitude de não deixar lixo espalhado nas ruas.

Sobre o Autor: Clovis Akira ( @clovisakira | G+ )

Clovis Akira

Contabilista, Consultor em sustentabilidade , Articulista do Jornal Sete e admirador da cultura japonesa.

Site: http://clovisakira.blogspot.com - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário

  • Tatiana Borges

    Em Estocolmo, Suécia, vi máquinas semelhantes em vários supermercados. A grande vantagem e diferença é que as máquinas lá não estão vinculadas a uma marca específica. Você leva os itens para reciclar (latas, garrafas, etc.) e ganha desconto no valor final da sua compra no supermercado.

  • Douglas

    Aqui na alemanha também é assim!
    Você paga 25 centavos de euro a mais pelas embalagens de pet e alumínio e pega de volta como desconto em qualquer mercado…

  • Clóvis Akira

    Tatiana e Douglas, obrigado pelo comentário. Em várias partes do mundo as ações estão sendo desenvolvidas para melhorar a conscientização da população na questão da reciclagem. Aqui no Brasil ainda estamos engatinhando, vamos todos torcer para mais iniciativas como essa sejam implantadas.

    Grande abraço

    Clóvis

  • Marcos

    Bom dia, gostaria de saber em quais mercados (endereços), podemos levar as garrafas, somos de São Bernardo do Campo, desde já agradeço.
    Marcos