• FEED

Nadia Cozzi

Receitas para o Halloween – Comemore o dia das bruxas com deliciosas receitas

24 out 2011 - Por em Saúde e Alimentação

Bolo para atrair a Prosperidade!

Ingredientes:

  • 1 xícara e ½ de farinha de trigo integral
  • 1 xícara e ½ de farinha comum
  • 1 xícara e ½ de açúcar mascavo orgânico ou de rapadura ralada
  • 2 ovos tipo caipira inteiros
  • 2 colheres de sopa de azeite extra virgem
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 3 maçãs descascadas e picadas
  • 1 xícara de nozes ou outro tipo de castanha partidas
  • 1 xícara de uvas passa
  • ½ xícara de damascos picados
  • 4 colheres de sopa de rum ou conhaque
  • Canela em pó a gosto
  • Noz moscada a gosto
  • Raspas de laranja
  • Raspas de limão
  • 1 pitada de sal marinho


Modo de Preparar:

Pique as maçãs e coloque na água com um pouquinho de limão para não escurecer. Reserve.
Coloque as passas e os damascos de molho na bebida escolhida. Reserve.
Misture a farinha com o açúcar, adicione os ovos e o azeite.
Adicione o resto dos ingredientes, até mesmo os que estavam reservados, observando que as maçãs precisam ser coadas, as passas e os damascos não. Não jogue a água da maçã fora.
É uma massa bem pesada, tipo Bolo de Reis, até difícil de mexer, o que já vale um bom exercício para os braços. Caso seja necessário coloque um pouco da água da maçã para facilitar o trabalho.
Unte e enfarinhe uma forma de furo no meio e despeje a massa, tomando cuidado para espalhar uniformemente.
Leve ao forno a 200°, por mais ou menos 40 minutos, faça o teste do palitinho.
Desenforme ainda morno, deixar esfriar e sirva com um chá de aniz estrelado.

Hoje é a receita que inicia nosso artigo semanal, pois estaremos comemorando o Dia das Bruxas no próximo dia 31 de outubro. Acho que chegou a hora de fazermos justiça a essas pessoas que sempre tiveram má fama e que tem muito a ver com aqueles que se dedicam às Artes da Culinária.

Somos todos meio bruxos quando temos uma receita à nossa frente. Como explicar que uma “meleca” feita de farinha, ovos, leite, açúcar e fermento possa se transformar num dourado bolo fofo que acompanha o nosso café? E que esse mesmo bolo feito por pessoas diferentes tenha resultados e sabores diferentes?

Como diria minha querida bruxa Marcia Frazão, foi da cozinha que saíram os deliciosos banhos de leite da Cleópatra, o filtro de amor de Tristão e Izolda e foi lá também que se temperou a maçã da Branca de Neve, que inclusive foi muito mal interpretada, pois afinal lhe trouxe a juventude eterna e um amor que durou para sempre.

O que diferencia uma Bruxa de uma simples cozinheira é sua aptidão em colocar energia quando prepara e cria, e também muito sentimento para quem vai receber esse presente, um combinado de amor, paz, felicidade e saúde.

Pensando assim, aposto que você vai descobrir alguns magos em suas relações. Será uma mãe, uma tia, uma amiga ou um avô bruxo? Em todas as famílias existem vários escondidinhos. Eu acrescentaria que é na cozinha que a Mãe Natureza concretiza seu ciclo energético, unindo e harmonizando os quatro elementos: terra, água, ar e fogo. Despertando os cinco sentidos e fortalecendo os elos de quem compartilha de uma mesma vida, de uma mesma família. Feitiço de amor ou não?


Mas voltando ao nosso Bolo, temos aqui uma bruxaria para trazer prosperidade. E vou explicar direitinho o por quê. A cozinha é um grande laboratório químico onde os alimentos se transformam para nutrir o físico e a alma.
Os ingredientes foram previamente selecionados e direcionados, por isso a preferência pelos orgânicos.

Mexa no sentido horário para aumentar a energia de cada elemento.
Fogão significa espiritualidade, é a purificação pelo fogo.
O trigo era o alimento oferecido aos Deuses, usado para ativar a fortuna.
O açúcar mascavo deixa tudo mais úmido, menos processado mantém a pureza, a doçura e liga os ingredientes. Se usar rapadura raladinha fica melhor ainda.
O ovo é Vida, ativa amor e compreensão.
O azeite unge o espírito, faz a ligação entre o físico e o material.
As maçãs representam o crescimento, Adão e Eva, e dependendo de como cortamos a fruta obtemos a estrela de 5 pontas ou o órgão sexual feminino. O número 3 é trindade – (Pai, mãe e filho) – (Sol, Lua e Terra) – (Passado, Presente e Futuro).
Nozes ou castanhas trazem a fortuna.
Passas e damascos, sedução e amor.
O fermento faz com que nossos desejos cresçam.
A canela e a noz moscada determinam que tudo aconteça.
Trazendo a alegria e a fidelidade, temos a laranja e o limão respectivamente.
E por último o sal que purifica tudo.
A forma deve ser redonda, o círculo é a figura mais perfeita, sem arestas, sem começo, meio e fim.

Se quiser dar uma carinha de festa a este bolo cubra com uma calda de cacau (2 colheres de sopa), ½ xícara de açúcar orgânico e 1 xícara de creme de leite fresco. Leve ao fogo e coloque ainda quente sobre o bolo. O leite representa a figura da mãe. O cacau a coragem dos guerreiros das sociedades Maia e Asteca, descobridores do chocolate, que eram homenageados com essa iguaria.

Coloque num prato bem bonito e sirva. O segredo está em colocar amor no momento do manuseio, apenas alguns instantes que você se concentre e imagine coisas boas, faz toda a diferença. E, todos que se beneficiarem da sua criação estarão absorvendo essas energias positivas e abrindo caminhos para uma vida feliz e próspera.

E agora falando em “bruxês” que tal provar asa de morcego, coração de boi, lágrimas de moça, beijo de sereia, fibras de coração de dragão, e outras gostosuras?

Calma, esses ingredientes são mais comuns do que você pensa. Eram apenas códigos secretos passados de mãe para filha, para que a tradição não se perdesse, já que os livros que continham as “receitas” eram queimados, a mando da Santa Inquisição.

Conheça um pouco do código secreto das bruxas:

  •  asa de morcego – folha de louro
  •  olho de coruja – pimenta do reino
  • coração de boi – tomate
  • barriga de sapo – pepino
  • gordura de criança não batizada – toucinho de porco
  • rabo de escorpião – salsa ou coentro
  • sangue de moça virgem – vinho tinto
  • unhas de pé – amêndoas
  • ovas de sapo – ervilha
  • terra de túmulo – chocolate
  • ossos moídos – farinha de trigo
  • teia de aranha – algodão doce
  • lágrimas de moça – cebola
  • beijo de sereia – sal
  • olho de agamotto – cravo da índia
  • patas de urubu – mandioca
  • pernas de aranha – alecrim
  • dedos de mortos – orquídea

Interessante não é? As bruxas dispensam um tratamento todo especial aos alimentos, procurando o equilíbrio perfeito com a Natureza. Mais ou menos como nós que buscamos sustentabilidade em todas as coisas inclusive na Alimentação. Tirando a brincadeira de Halloween, somos todos meio bruxos ou não?

Fotos: Paulgeor / hisks

Sobre o Autor: Nadia Cozzi ( @nadiacozzi | G+ )

Nadia Cozzi

* Consultora de Alimentação Consciente e Desenvolvimento Pessoal. * Pesquisa desde 1994 a Agricultura livre de Agrotóxicos e o Ato de se alimentar e a Consciência de quanto ele interfere na Saúde Física, Emocional e Mental do Ser Humano e os efeitos da produção de alimentos para o Meio Ambiente. * Idealizadora do Instituto Pedro Cozzi - Espaço DAR VIDA – (institutopedrocozzi.blogspot.com.br) * Livros sobre uma nova consciência ecológica: (http://alimentopuro.synthasite.com/livros.php) * Blogs: Alimento Puro: alimentopuro.blogspot.com Bio Culinária: bioculinaria.blogspot.com

Site: http://alimentopuro.synthasite.com - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário

  • Maria Alice

    Que lindo!!! Ser bruxa ou bruxo é isso aí…muito amor pela natureza, ter a missão de partilhar, desmistificar dogmas, mitos e trazer a mística em atos de
    humildade e gentileza com todos os temperos da Grande Mãe Natureza.
    Parabéns pela singeleza!!!
    Maria Alice

  • Guest

    bolo de macumba

  • Marcelle Folly

    Para os ignorantes, é coisa do mal. Outros nomes, magos, druidas. Elas eram mulheres além de seu tempo, que tinham seus códigos , porque não tinham liberdade.