• FEED

Nadia Cozzi

Vencendo as barreiras para uma vida mais saudável e sustentável

31 maio 2011 - Por em Saúde e Alimentação

Já são quase 17 anos trabalhando com pessoas. Diretamente quando o assunto é alimentação consciente, indiretamente com desenvolvimento humano na área da arte e hábitos em geral. É impressionante o número de barreiras que vamos criando no decorrer da vida, o quanto elas nos impedem de alcançar a felicidade, a Saúde e como as pessoas são cegas à elas.

A propaganda, a busca por praticidade, o modelo econômico, tudo contribui para um alimento ruim, danoso e quando se tenta mostrar isso às pessoas, elas tem frases prontas, sem perceber que estão prejudicando a elas mesmas, suas famílias e oplaneta onde vivem.

– Não posso comprar alimentos orgânicos, são caros, feinhos, não se acha em lugar nenhum!

Aí entra a “professora”: Olha, atualmente eles são mais caros nos supermercados, mas temos feiras especializadas, produtores que entregam em sua casa fresquinhos e bonitos, o tempo dos orgânicos feinhos já passou.

– Ah! Mas as feirinhas são longe e no caso do delivery, eu gosto de ver o que estou comprando. Mas eu me lembro das berinjelas furadinhas, as folhas comidas, eram bem feinhos sim…

– Tá bom, mas esse tempo já passou e os alimentos orgânicos não prejudicam a saúde das pessoas e nem o Meio Ambiente! Não vale a pena ir até uma dessas feiras e conversar direto com o Produtor, perceber a sua preocupação com a terra, saber que você está participando de um Projeto Social cada vez que você come alguma coisa?

– Ah! Mas aí eu tenho que acordar muito cedo, ninguém merece!

– Então pelo menos procure comer coisas de época, deixar de lado os industrializados…

– Eh, agora só falta você falar para eu parar de comer carne também. Conversinha Natureba, credo. E além do mais, esta semana que entra eu vou a um médico muito bom. Longe viu … Cobra caro… Mas dizem que vale a pena,vai resolver meu problema de saúde rapidinho. O duro é o dinheirão que se gasta na farmácia, né?

Aí você olha e vai falar o que?

Em homenagem a essas “pessoas ceguinhas,” “tadinhas”, as receitas serão bem “naturebas” e por incrível que pareça uma delícia!

Berinjela à italiana

Já que falei das berinjelas cheia de furinhos vou fazer meu tributo a elas, tão generosas em suas variações de preparo.

Como preparar:
Corte a berinjela em rodelas ou fatias, leve ao fogo numa frigideira com um pouquinho de azeite Extra virgem, apenas para ela amolecer.
Numa assadeira untada com azeite coloque uma camada de berinjela, uma camada de ricota amassadinha e temperada a seu gosto e por cima molho de tomate orgânico. Salpique bastante queijo ralado na hora. Leve ao forno até derreter o queijo e sirva com arroz orgânico. Pode também servir de entrada. Veja a receita da ricota caseira no artigo Café da Manhã Saudável aqui do Coletivo Verde.
Variações: a mesma receita pode ser feita com abobrinhas.

Outra receita de berinjela

Corte 03 berinjelas ao meio, risque com a ponta da faca a polpa da berinjela e passe sal marinho. Deixe descansar uns 05 minutos para ela liberar a água. Numa panela coloque azeite extra virgem e disponha as berinjelas viradinhas para cima. Corte cebolas e tomates em rodelas e cubra as berinjelas. Salpique um pouco de sal marinho, apenas para corrigir o sabor. Deixe cozinhar, vá colocando golinhos de água para não queimar. Quando a berinjela estiver molinha está pronto. Sirva com arroz e queijo raladinho na hora por cima.

Purê de Mandioquinha

Como preparar:
Cozinhe as mandioquinhas até ficarem bem macias. Bata no liquidificador com um pouquinho deleite e uma colher de sopa de manteiga. Volte à panela para dar o ponto de purê que você gosta, mais molinho ou mais durinho. Pode ser servido para acompanhar a berinjela, com molho de tomate e mussarela ou também com rúcula, que dá um sabor bem interessante.
Variações: A mesma receita pode ser feita com cenoura ou batata. Ainda não experimentei o inhame, mas deve ficar bom também.

Bom, espero que este artigo seja lido por muitas pessoas que não acreditam que exista vida além dos industrializados e convencionais e tenham o bom senso de testar e sentir o verdadeiro sabor da Natureza.

Sobre o Autor: Nadia Cozzi ( @nadiacozzi | G+ )

Nadia Cozzi

* Consultora de Alimentação Consciente e Desenvolvimento Pessoal. * Pesquisa desde 1994 a Agricultura livre de Agrotóxicos e o Ato de se alimentar e a Consciência de quanto ele interfere na Saúde Física, Emocional e Mental do Ser Humano e os efeitos da produção de alimentos para o Meio Ambiente. * Idealizadora do Instituto Pedro Cozzi - Espaço DAR VIDA – (institutopedrocozzi.blogspot.com.br) * Livros sobre uma nova consciência ecológica: (http://alimentopuro.synthasite.com/livros.php) * Blogs: Alimento Puro: alimentopuro.blogspot.com Bio Culinária: bioculinaria.blogspot.com

Site: http://alimentopuro.synthasite.com - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário

  • Beringelas e abobrinhas com arroz, pão, massas e regadas a um bom azeite extra virgem… Amo! Adorei a receita! Essa coluna é de abrir o apetite…rsrs Bjokas!

  • rsrs, é verdade, Nadia. Infelizmente as pessoas ainda preferem pagar a neutralização dos sintomas do que resolver os problemas de saúde na raiz, com prevenção. Isso sem nem tocar na falta de consciencia ambiental…. Mas chegaremos lá, um dia. Passe lá no “nosso quintal” virtual, acho que vc vai curtir nossas idéias tb.

  • Nana Hayne

    Sabe que às vezes o que acontece mesmo com estas pessoas é só PREGUIÇA?
    Sim, isto mesmo, parece que o fato de pensarem ” vou cozinhar” dará um super hiper mega trabalho e acabam por nem tentar!!!

    Adorei as receitas e te deixo uma pra quem tem preguicinha, rsrsr:

    Furar com um garfo a extremidade de 1 berijela, ( lado oposto do caule). Levar ao microondas por 10 minutos, retirar, abrir ao meio, dar uma raspadinha para soltar da casca, salpicar sal,  azeite extra virgem e salsinha ou orégano.
     
    Simples assim e uma DELÍCIA!
    Comer com pão ou com o que desejar.

  • Nacozzi

    Delícia querida Nana, mas por favor prefira o forno convencional, o microondas traz uma série de problemas para a saúde. Veja o link http://pat.feldman.com.br/2011/01/16/10-boas-razoes-para-voce-se-livrar-do-seu-microondas-agora/
    Só por acabar com os nutrientes da sua berinjela orgânica já vale um trabalhinho a mais.

  • Já passei e amei, rssss.

  • Thaty

    as berinjelas viradinhas para cima seriam com a casca para cima???

  • Oi Thaty, quando vc corta as berinjelas ao meio elas ficam como barquinhos, com a casca para baixo e a polpa para cima. Aí vc coloca sobre elas os tomates e as cebolas.