• FEED

Guilherme Augusti Negri

Wide Open Walls – Grafite e turismo para transformar Gâmbia um dos países mais pobres do mundo

16 nov 2011 - Por em Arte e Design

Presente em momentos históricos como as manifestações de 1968 em Paris ou ao som do Hip Hop o grafite sempre esteve envolvido com movimentações sociais. O poder de sensibilizar e mobilizar as pessoas através da arte faz com que o grafite se transforme em uma das mais preciosas ferramentas para criar um mundo melhor.

Lawrence Williams conhece esta força e criou o Wide Open Walls projeto que leva artistas de de todo o mundo para conhecer,vivenciar e ajudar Gâmbia país localizado na África ocidental.

Os objetivos do projetos são bastante simples mas muito desafiadores: promover a arte e o turismo cultural no Gâmbia e levar mais dignidade e renda para o povo de Gâmbia.

Gâmbia

Antes de mais nada, vamos conhecer o contexto em que o projeto foi criado.

Gâmbia é um dos menores países da África e esta bem pertinho de nós na África Ocidental compartilhando conosco o Oceano Atlântico. Como a história de quase todos os países Africanos Gâmbia sofreu com as colonizações de exploração e só se tornou independente do Reino Unido em 1965.

Gâmbia é um dos países mais pobres do mundo ocupando a 21 posição dos países com menor IDH (Índice de desenvolvimento humano). Para efeito de comparação Gâmbia tem o IDH muito próximo a países como Serra Leoa, Etiópia e Costa do Marfim.

Diferente de outros países africanos Gâmbia não possui riquezas minerais como ouro e diamante e possui pouquíssimos alimentos para exportação. Esta situação deixa o país em uma posição econômica delicada. É estimado que 75% de sua população depende do cultivo da terra ou da criação de animais para subsistência.

Para movimentar a economia Gâmbia tem que usar a criatividade e aposta no Turismo como uma saída para a pobreza.

Wide Open Walls – Arte, conexão e Turismo

Lawrence Williams morador na cidade de Mandina no Gâmbia é um ativista que fundou o Wide Open Walls projeto que cria espaços artísticos e culturais em aldeias do Gâmbia.

Lawrence convida artistas talentosos e com pegada social para viajar para o Gâmbia e viver com a comunidade. Eles conhecem o povo, vivenciam a cultura do Gâmbia e após esta imersão pegam suas latinhas e expressam as suas impressões e sentimentos nas paredes. O resultado é maravilhoso!

As artes são realizadas em escolas, creches, centros de reuniões e outros locais comunitários com arte de animais, árvores, mensagens de esperança é realmente inspirador!

Além do benefício imediato que é o reforço da identidade cultural do Gâmbia o projeto trás a atenção das pessoas e da mídia possibilitando a criação de uma rota de turismo cultural e social.

O turismo cultural e social visa integrar os turistas assim como integrou os artistas. Os turistas vivenciam a cultura do Gâmbia e geram renda para a comunidade que os recebeu.

Como definiu um chefe de uma das aldeias que recebeu o projeto: “As pessoas (turistas) virão para visualizar a arte e através dela conhecerão nossa cultura e nossos costumes e claro, vão querer aprender conosco.

Maravilhoso! Artistas de talentosos e de peso estão participando do projeto entre eles: Bushdwellers (Gâmbia), ROA (Bélgica), Know Hope (Israel), Remed (Espanha), TIKA (Suiça), Freddy Sam (Africa do Sul), Selah (Africa do Sul), and Best Ever (Reino Unido).

Projetos futuros incluem a criação de oficinas e escolas de arte para a comunidade, um documentário e a publicação de um livro sobre a região e a arte que será todo revertido para a comunidade, ou seja é apenas o começo!

Vamos entrevistar os artistas que participam do projeto e o Lawrence para saber quais são as últimas novidades! Fique ligado, em breve aqui no blog. Enquanto isto curta as maravilhosas artes já criadas:

ROA











Best Ever







Bushdwellers








Freddy Sam








Know Hope






Remed









Selah







Tika







Visite e curta a página do projeto no Facebook

Sobre o Autor: Guilherme Augusti Negri ( @coletivoverde | G+ )

Guilherme Augusti Negri

Empreendedor com veia social e ambiental e músico por hobby. Fundador do Coletivo Verde.

Site: http://www.coletivoverde.com.br - Veja todos os artigos de

Faça seu Comentário